domingo, 19 de outubro de 2008

en Coeur... Uma história vivida em Londres

Sempre amei a língua inglesa... quando comecei a estudá-la, não via a hora de entrar na Cultura Inglesa, para poder aprender o British English! Foram anos maravilhosos e, posso dizer, de muito orgulho (sem falsa modéstia): consegui adquirir o accent da capital britânica! Quem me conhece desde pequena, nunca entendeu como, apesar de conhecer tão bem Paris, eu jamais atravessara o Canal da Mancha! Acho que nem eu... Ano passado, quase fui, mas acabou não sendo possível. Com isso, desta vez, a prioridade de viagem era Londres!
Como consultora de imagem e estilo, além de psicanalista, outra grande paixão é conhecer pessoas – das diversas línguas, inúmeras nacionalidades e distintos costumes! Por isso, começo a contar a minha viagem por uma história acontecida comigo, que envolve Londres... e pessoas!
Saí do hotel, em direção ao Palácio de Buckingham, aonde assistiria a troca da guarda – quer programa mais típico?


Bem, como estava próxima da estação de trens e metrô King’s Cross St. Pancras, fui até lá apanhar o underground ou tube (aliás, outro símbolo londrino!). Ao passar a roleta, dei por falta dos meus óculos de sol. Ah, fiquei tão triste... ele havia sido um presente de aniversário do meu marido, quando viajamos no início do ano para Buenos Aires. Sou completamente fissurada em óculos Rayban, desde novinha! E o modelo perdido, tipo máscara (estou com ele na foto de Londres, no post anterior), tinha sido escolhido com carinho... acabei seguindo em direção ao Palácio, ainda inconsolável! Ao descer na estação de destino, comprei um par de óculos (imitação Rayban...), pois estava um sol daqueles!


O resto do dia correu como o planejado, repleto de visitas e muita caminhada. Na hora de voltar para o hotel, meu marido sugeriu que voltássemos a St. Pancras, pois poderia estar no achados&perdidos (nunca entendi esta expressão – como achar antes de perder? Em inglês, é lost and found... e, em Portugal, perdidos&achados!).


Chegando lá, perguntei a uma senhora da administração sobre o lost&found e ela me aconselhou a falar com o supervisor da estação. Entrei naquela pequena sala, com o coração apertado – será que alguma alma caridosa ainda habita no nosso planeta? Bem, os minutos custaram a passar... ele perguntou o que eu perdera e eu disse: um Rayban metálico, por volta das 10 horas da manhã. Quando ele falou – acho que entregaram um, às 2 da tarde... eu fiquei paralisada de emoção! No entanto, somente acreditei quando ele rasgou a embalagem de papel pardo que o guardava... eu estava radiante! E lá estava, no lost&found do tube londrino, o meu Rayban!


Deixei aquela sala certa de que a raça humana tem jeito, sim! É possível acreditar nas pessoas, apesar de todos os problemas que vivemos no planeta. A grande alegria não foi recuperar o Rayban, mas perceber que ainda há bondade e honestidade entre os homens... e isso não tem dinheiro no mundo que pague! Assim, minha viagem a Londres adquiriu uma alegria extra, tornando aquele dia inesquecível! E agradeço a este desconhecido tão especial por esta linda recordação da terra da Rainha...

15 comentários:

Bel disse...

Também adoooro o sotaque britânico! Por ter morado nos EUA, falo com o sotaque deles e até prefiro, mas adoro ouvir e tentar "copiar" o britânico -- é lindo e chic!

E é muito bom ver que pessoas honestas (ainda) existem sim, por todo o mundo né, Claudia? Que bom que você achou o seu Ray-Ban!

Beijos e bem vinda de volta!

Joaninha Bacana disse...

Uau, que incrível que você conseguiu achá-los novamente!!! E viva London! E viva vocês, que se lembraram (e acreditaram) na sessao Achados & Perdidos :oD
Beijos,
Angie
P.S. Eu gostei dos óculos-imitacao!!! :o)

Silvinha disse...

Ah, o sotaque britâncio é um charme.

Que otima surpresa ter encontrado seu oculos! Pessoas honestas estão rareando, mas ainda existem :)

Eu amei Londres, voltarei em breve!

Beijo!

Paula disse...

Hello!
Ainda existem almas caridosas nesta terra, graças a Deus!
Beijinhos e tudo de bom!!!
:)

Patricia de Camargo disse...

Cluadia, que história bonita, e legal de contar, para que todos possamos recobrar nossa esperança na nossa própria raça!
Beijos e um domingo brilhante!

Kira Fashion disse...

Querida Cláudia!

Nossa, como estou feliz em ver que voltou! Nossa, essa viagem foi mesmo incrível! Não há nada mais gratificante que viajar, mal posso esperar para a minha viagem para nova york, mas só no início do próximo ano :)

Muito obrigada pelas referências aqui no site!
Vc é super cute!

Mil beijos e abraços,
da amiga,
Kira

Helena Castro disse...

que barato! é bom mesmo quando percebemos que existe sim muitas pessoas bem intencionadas!

estou adorando ler sobre a sua viagem e aguardo os próximos posts!

ah, aguardo a foto da audrey de cera!

beijos

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Amamos o sotaque britânico, um charme, né?
Beijocas,

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Oiiii, ai que bom que encontrou seus óculos, presente do maridão sempre vem com uma bagagem emocional. fiquei feliz por vc.
Bjobjo

Chris disse...

ue delicia de passeios hein! E como assim perder e achar!! Gente, nunca vi um caso que desse certo assim! Isso e realmente uma prova que existem pessoas honesta e que ainda podemos acreditar nessa raca!

Olha tem um seriado antigo muito bom, Blackadder, o humor britanico e toda a historia da inglaterra e divino!! PErfeito mesmo, os aotres e persongens sao o que ha de melhor!!

bjuss

Ana Carolina disse...

Ei Cláudia! Ih, minha irmã é professora de inglês da Cultura e estudou em Londres 5 meses. Ou seja, tem o british accent...rs! E engraçado que quando ela foi fazer faculdade de Letras tinha vergonha da pronúncia, pois era a única com esse sotaque na turma! hahahahaha!

Nossa, fiquei impressionada com o achado do Ray ban...chocada mesmo!!!

Que legal ler sobre sua viagem! conta mais, conta mais! rs!

beijos!

Chris - da Chria disse...

Claudinha,
Imagino quando você recebeu o óculos...só em Londres mesmo...
Adorei!
bjo,bjo
Chris

Marcelak disse...

Eu aprendi inglês na Cultura Inglesa a vida inteira, então sempre treinei o sotaque britânico, é muito chic.
Ainda bem q vc achou seus óculos, dá um sensação tão ruim qdo a gente perde algo e não encontra...ainda mais qdo tem um valor sentimental assim. Adorei as fotos.
bjs

Verson Souto... disse...

Adorei o post!
Muito legal saber sobre sua viagem e principalmente sobre a bondade das pessoas!

Beijos.

Cacá disse...

Poxa, que legal que vc conseguiu recuperá-los!
Uma amiga esqueceu o par de óculos num banheiro em Paris e se deu conta 2 minutos depois. Voltou ao banheiro e nada. Acredita?

Beijocas e conte mais da viagem!