sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Blog... Blogue... Um encontro intercontinental

***ATUALIZAÇÃO: O outro lado da história
Um mesmo encontro... duas versões!
Querem conhecer a história do ponto de vista da Paula? Como o blog dela é privado, reproduzo aqui seu texto sobre o nosso encontro... um encontro 5 estrelas!!! É incrível perceber as semelhanças e as diferenças na hora de contar uma mesma história, vista por duas amigas que a viveram. Vamos ver?

A MINHA VERSÃO:

Foi no dia 9 de setembro. Em um comentário, fiz a pergunta: devo estar em Lisboa no início de outubro... vamos tentar nos conhecer ao vivo? Eu ia adorar! Que tal?
Ela respondeu prontamente: Fiquei muito contente com o teu convite! É sempre bom, conhecermos cara-a-cara as pessoas simpáticas e queridas, com quem diáriamente falamos na blogosfera! Depois, confirma a data em que vais estar cá em Lisboa!

Começava aí o encontro intercontinental que dá título ao post!

Desde criança, sempre fui apaixonada pelo Pequeno Príncipe (quer ver? aqui!). E a minha passagem favorita é o encontro dele com a raposa. Vamos lembrar?
O Pequeno Príncipe diz que procura amigos e pergunta à raposa o que é cativar. Ela responde: criar laços! Para os amigos, seremos únicos no mundo, sempre! Ele então, pergunta como é possível criar estes laços. A raposa explica sobre os ritos – algo irá tornar um dia diferente dos outros, uma hora, distinta de tantas outras. E que é preciso paciência... se aproximar aos poucos, cada vez chegando mais perto... não será preciso trocar palavras, mas apenas um olhar! É uma forma de preparar o coração...

Foi assim que eu senti o meu encontro com a Paula, desde o começo! Eu viajaria primeiro para Londres e Paris, para depois chegar em Lisboa. Foram dias maravilhosos (vocês estão acompanhando aqui no blog...), mas algo em mim contava os dias para conhecer esta amiga (é, já uma amiga!), conhecida através da blogolândia. A Paula foi uma das primeiras a quem pude chamar de amiga, fruto de visitas virtuais sempre muito agradáveis... parecia que já nos conhecíamos há tempos!

Combinamos que eu ligaria para ela, assim que chegasse em Lisboa. Entretanto, durante toda a viagem, eu pensava naquele dia. Como seria encontrar alguém tão próximo e ainda não conhecer o seu rosto? Será que ela corresponderia à idéia que eu fazia dela? E eu? Seria eu a Cláudia que ela conhecia dos comentários no blog?

Marcamos um encontro na região de Belém. Para quem não conhece, é onde fica a famosa fábrica dos Pastéis de Belém, um doce (pastel, em Portugal) de massa folhada super estaladiça, recheado de creme e polvilhado com açúcar e canela. Hummm, manjar dos deuses! Sempre que vou a Lisboa, passo por lá – mas, depois falo deles com mais calma...

No dia marcado, nos encontraríamos à tarde. Ah, como o celular (telemóvel, em Portugal) ajuda nessa hora! Caiu um temporal em Lisboa daqueles, que acabou me atrasando... e a ansiedade somente aumentava!

Quando o eléctrico (bondinho), parou ao lado do Mosteiro dos Jerónimos, meu coração saltitava no peito! Estava chegando a hora... eu estava a poucos momentos de conhecer a Paula, esta amiga de tão longe, mas de tão perto do coração...

Gente, foi uma experiência única! Emocionante mesmo! Lembro que mal conseguia falar, meus olhos ficaram cheios d’água, a voz embargada... ali estava, bem na minha frente, a amiga que me fez desejar atravessar o oceano para conhecê-la!


A emoção era tão grande... fomos então, dar uma volta no Centro Cultural de Belém, pois o Mosteiro já estava fechado. Ali, enquanto percorríamos as salas repletas de obras de arte, parecia que eu caminhava com uma amiga de infância, dividindo opiniões, partilhando gostos, conversando animadamente! Quem nos visse poderia pensar que éramos apenas duas amigas passeando pelo museu... bem, eles não poderiam adivinhar o quanto esta experiência estava sendo fabulosa, né? Aliás, é bom ressaltar que estávamos acompanhadas dos nossos respectivos maridos, que acabaram partilhando conosco deste encontro além-mar...

Depois deste passeio, fomos ao Padrão dos Descobrimentos e, depois, aos pastéis! Aí começava o ponto alto do encontro: a emoção inicial já havia diminuído, permitindo que nós partilhássemos uma conversa prá lá de animada!


Por causa de um post – Bonecas máximas –, a Paula me presenteou com um tesouro: páginas da Elle Portugal, edição comemorativa dos 15 anos, na qual uma dupla de ilustradores e fotógrafos desenvolveram imagens para diversas marcas consagradas: Chanel, Lancôme, Cartier, Clinique... presente de amiga querida! Um luxo!

Foram horas maravilhosas, que passaram em um piscar de olhos! A pastelaria estava lotada quando chegamos... ao sair, somente restavam poucas pessoas...

Foi então, que me lembrei novamente do Pequeno Príncipe:
E, na partida, o Pequeno Príncipe chorou. Ao que a raposa respondeu: O essencial é invisível para os olhos. O tempo passado juntos é o que nos torna tão especial; na despedida, o choro apenas nos mostra o quanto somos importantes para o outro, para sempre! Afinal, como diria a raposa, somos eternamente responsáveis por quem cativamos!

Ainda agora, ao escrever este post, meus olhos ficam marejados de lágrimas, pois a recordação me faz reviver aqueles momentos maravilhosos... A Paula tornou-se uma amiga real, com quem posso compartilhar sonhos, medos, alegrias, desejos... o maior de todos os presentes!


A VERSÃO DA PAULA:



Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008
O encontro!!!
Certos momentos da nossa vida, nunca se esquecem. Seja por bons ou mau motivos.
Aquele dia de Outubro, foi um desses momentos MARAVILHOSOS que nunca se esquecem!
Como diz a Cláudia, foi um encontro intercontinental! Duas pessoas que se calhar nunca se cruzariam na vida e que estavam separadas por continentes e oceanos, acabaram por tornar-se amigas, através deste mundo enorme que é a blogosfera!
E a Cláudia superou as minhas expectativas! É curioso como apesar de sermos de países tão diferentes e com hábitos e culturas tão diversificadas, podemos ser tão parecidos e tão iguais em tantas coisas...
Combinamos encontrar-nos em frente ao Mosteiro dos Jerónimos, na zona de Belém.
Estávamos em pulgas, pois nunca tinhamos visto a Cláudia ou o seu marido, Adriano. Apenas tinhamos a sua descrição. Por isso, cada vez que víamos alguém parecido, aumentava o nervoso miudinho! São eles? Não são eles... Ai, agora é que são mesmo eles!
Quando finalmente os vimos, foi aquela surpresa e aquela emoção dos primeiros encontros, um pouco às cegas e ansiosos por ver a reação da outra pessoa!
Meus amigos, deixem que vos diga: são pessoas maravilhosas, que adoram arte, concertos, ballet, resumindo e concluindo: cultura. Que sabem viver a vida e retirar dela o que de melhor ela tem!
Menos arte contemporânea, não é Nuno e Adriano?!
Fomos ao Centro Cultural de Belém, ver a colecção Berardo (GRÁTIS, APROVEITEM). Vimos arte que adoramos, vimos arte (?) que nos parecia mais uma canalização mal feita (lembraste, Cláudia?) e o melhor de tudo, é que parecia que nos conhecíamos desde crianças! Que adivinhávamos os gostos uma da outra!
Quando saímos dali, fomos ao Padrão dos Descobrimentos. Já era quase fim de tarde.
E onde mais poderíamos ir, estando ali naquela zona de tentações, senão aos Pasteis de Belém? Hum? Claro que tínhamos de lá ir. E acreditem que valeu a pena estar na fila para arranjar uma mesa!
A Cláudia presenteou-me com um íman do Metro de Londres! Amiga, já está a segurar o papel da Telepizza no frigorífico!!! Para as emergências e tal... Adorei!
Deliciámo-nos com uns pastelinhos de Belém, tirámos fotografias com este senhor simpático que ficou encarregado da nossa mesa e que era um amor de pessoa, apesar de se fazer de mau e estivemos na conversa até às tantas da noite! Quando o Nuno olhou para o relógio, já eram quase 22h.
Mas nem demos por isso, porque foi uma conversa tão boa, daquelas que nunca queremos que acabe. E fiquei a saber uma coisa: que os pequenos-almoços (ou café da manhã) no Brasil, não são iguais aos que vemos nas novelas brasileiras. É verdade pessoal. Não há suminhos, docinhos, frutinhas tropicais... chuif, chuif... Mas a Cláudia já disse, que quando formos visitá-la ao Brasil, vamos beber uma água de coco para compensar! Estou ansiosa! Quando vivi em Miami, era uma das coisas que mais gostava! Nham, nham...
Com muita pena nossa, o dia chegou ao fim. Mas valeu a pena todo o nervoso miúdinho, a espera, o suspense...E se alguém quiser conhecer o blog 5 estrelas desta grande senhora, o pePPer inFashion , é só clicar e absorver a magia!

Escrito por Paula



Beijos, querida! O nosso encontro estará, para sempre, no meu coração. Até o próximo (e que venha logo)!***



***Infelizmente, o excelente blog da Paula, o Leite quente com bolachas, foi desativado. Ela agora escreve o Marshmallow and Lilypad, que vale visitar!

Vocês conhecerão a minha amiga do coração, alguém que me cativou para sempre!***


26 comentários:

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Que delícia Claudia! É muito bom fazer novos amigos e quando sai do virtual e se torna real é maravilhoso né? Belo encontro o de vcs. Não precisei ir tão longe quanto vc, mas tbm fiz algumas amizades ótimas que sairam do virtual para o real e quando superam nossas espectativas melhor ainda. Que essa amizade de vcs seja duradoura.
Bjobjo

Paula disse...

Olá amiguinha!!!
Foi um encontro maravilhoso! 5 estrelas! Melhor ainda do que eu poderia supôr!
E um encontro a repetir! Ou à volta de um prato de bacalhau em Portugal ou de um pequeno-almoço (daquele das novelas), no Brasil!
:)
Bjs!

Chris disse...

Lindo, lindo, lindo Claudia! Amei seu post de hoje, adorei compartilhar e imaginar esse encontro! Super especial encontrar alguem assim e criar uma forte relacao de amizade! Os pasteizinhos de belen eu sou apaixonada!!!! E muito bom, da agua na boca mesmo!
Olha, agora quando vc vier pelas bandas da Belgica ou Holanda avisa para comermos chocolates juntas.....nham nham.... hehehe

Beijos

ana - hoje vou assim off disse...

Ah, que lindo Cláudia!! Assim vc emociona todomundo! rsrrs! Eu fiquei emocionada com o carinho, o entusiasmo e alegria que descreveu o encontro! Parabéns pra Paula de ter encontrado uma amiga tão especial também!! Fofas!!

Um beijo carinhoso!!!!

Du Balaio disse...

Oi Claudia!
Que delícia de história, de encontro, de uma nova amizade!!!

Brigadeiro disse...

Oi! Muito obrigada pelo comentario, e pelas dicas de Buenos Aires. Vou ficar perto de recoleta, entao vai ser uma maravilha! Oba! Adoro colares (e bijuteria brasileira).

Fui pra Lisboa em Marco (foi so pra 2-3 dias, pra trabalho), entao tambem fui a Belem, Lisboa e linda, nao? E os pasteis de Belem! Minha nossa! Estou com agua na boca! :)

Dri Viaro disse...

Claudia, mas que delicia um encontro assim hein, a gente le e se imagina vivendo tudo

bjao

Janeisa Tomás disse...

Muito bacana este encontro ter se tornado realidade. Claudia eu já fiz excelentes amizades através da blogosfera e imagino a felicidade de vcs. Desejo que esta amizade se fortaleça cada vez mais. Beijos pras duas.

Renata disse...

Que delícia de encontro!!!!!

Tão bom ter um encontro assim, de alma mesmo, né???

Um beijo!

Renata.

Cris Ventura disse...

Uau, que história sensacional e cativante!!! ;-)E adoro o Pequeno Príncipe que ando lendo e vendo trechos do filme (de 1970) com o meu pequeno! Bjs!

Kira Fashion disse...

Nossa, que coisa linda!!!


E acho que preciso ler o pequeno príncipe novamente... :)

Mil beijinhos!!

Eneida disse...

Encontro verdadeiro!
Amizade verdadeira além mar!
Lindo e delicioso!
Muito bom mesmo!!!
Beijo.

Brigadeiro disse...

claudia - Muito obrigada pelo comentario no meu blog! Como podes perceber, adoro acessorios! Entao Buenos Aires & Brasil vao ser uma beleza! Vejo que voce mora em Niteroi!!! Minha irma e niteroense! Morei em Niteroi quando tinha um aninho ate uns 4 ou 5...E mais avos moravam la tambem! Morrendo de saudades do Brasil!

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Muito legal a versão da Paula, se vê que o encontro foi mesmo maravilhoso.
Bjobjo pras duas;)

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Não ha nada como uma boa amizade que sai da tela :)

Beijo meu ♥,

A Elite

Chris disse...

CLaudia que bom ler a outra versao tbm, que por sinal sao ambas muitos felizes e satisfeitas pela amizade e encontro marcante!
Parece que foi um dia intenso mais muito saboroso, assim que e bom!=D

Bjuss

Dri Viaro disse...

a versão da Paula tb adorei

bjao otimo final de semana

lulubeka disse...

Claudinha
Que post mais emocionante, qdo lí fiquei com lagrimas nos olhos.
E maravilhoso saber que podemos ter carinho, afinidade com quem nunca vimos e mais lindo ainda poder conhecer pessoas desse gabarito.
Eu acredito que tudo na vida tem alma, e as vezes vc tem a sensação de que já conhecia esse pessoa a muito tempo.
Gostei tb da versão dela, e repito é alma, sentimento pura afinidade mesmo.
Um amigo verdadeiro é para a vida toda.
bjs no coração.
Um final de semana cheia de amor pra vc!!!!!

Helena Castro disse...

que máximo esse encontro!
adorei ler os dois depoimentos!

beijos

Lily Zemuner disse...

Que delícia ler esses depoimentos. Sabe, eu estava pensando nisso essa semana, depois que comecei com o blog, fiz amigas e aprendi muitas coisas. Conheci a Dany esses dias pessoalmente, vou conhecer a Lou e ainda estamos tentando organizar um encontro coletivo no lançamento do 'para francisco' aqui em Sampa.
É tão bom fazer novas amizades!

Grande b-jo.

ana - hoje vou assim off disse...

Oba! Agora li a versão da Paula e sabe o q mais gostei?? Da escrita cheia de sotaque!! Que barato!! "Amiga, já está a segurar o papel da Telepizza no frigorífico!!! " E o café da manhã se chamar pequeno-almoço??? Ah, adoro essas diferenças culturais, tão ricas....
E adoro novas amizades também!! :)

Um beijo, Pepper querida!

Ana B. disse...

Conheci seu blog através de um comentário que vc fez em outro blog, não lembro o nome, mas é o que vai sortear um quadro de um vestido. Curiosa, vim ver o seu blog e adorei! Amei a história do seu encontro com a Paula, ainda mais porque conheci o meu marido mais ou menos assim também...
Venha conhecer meu blog, http://abelezadetodasascoisas.blogspot.com
Eu já estou acompanhando o seu!
Bjs e bom domingo
Ana B.

Silvinha disse...

Claudia, que encontro delicioso! Vontade de encontrar todas as amigas blogueiras (vc entre elas, claro!)...

Beijo!

Joaninha Bacana disse...

Que emocao, Cláudia!!! Amei a história de vocês duas! E quem sabe na próxima vez a Alemanha faca parte do seu roteiro (eba, eba, ebaaaaa! :o) ).
Beijos,
Angie
P.S. A região de Belém é tudo de bom, nao? :o)

POPI by Paula disse...

Claudinhaaaaa!
Fui lendo e ficando arrepiada, qta emoção!
Nossa deve ser mesmo uma loucura e vcs conseguiram passar cada pedacinho desse encontro com tanta perfeição que me deu a sensação de estar vendo um filme!
Com certeza algum dia em algum momento iremos fazer um desses também, to dentro!
Com relação aos coments de hoje, viu q loucura a conexão foi perfeita!
bjus querida
Paula

Mimi disse...

Muito bonito o seu relato, Claudia :)