sexta-feira, 8 de outubro de 2010

O que trazer das viagens? – parte IV

Mais um post da série O que trazer das viagens?, desta vez, com uma sugestão girlie: bijoux! Confesso que sou apaixonada por joias, bijoux, relógios (hummm, isso vale outro post!) que representem um pouquinho do lugar no qual foram comprados.

Aqui, a minha pulseira Paris: passei a chamá-la assim, pois sintetiza o encanto da capital francesa, com suas igrejas e monumentos. Foi comprada na Sainte-Chapelle, nos últimos instantes da viagem, graças à entrada rápida com o Paris Museum Pass. Lembro que bati o olho na pulseira e não vi mais nada... Nela, cinco locais inesquecíveis e visitas imperdíveis:


Sacré-Cœur
Chá ou café em Montmartre: flores, cores, aromas...
A sétima arte em Paris
De Chanel a Amélie... ou seria o inverso?
Compras no estilo Amélie Poulain

Tour Eiffel
Descubram o melhor shot
Tour Eiffel e Lady Liberty: o que elas têm em comum?
Um encontro nas alturas
Os canhões do Trocadéro – um belo espetáculo!

Notre Dame de Paris
As rosáceas góticas
Que azul é este?! – um concerto na Notre Dame

Arc de Triomphe
Um anoitecer na estrela: Place Charles de Gaulle

Hôtel des Invalides
A roupa do imperador


As bijoux não são excelentes recordações de viagem?


***Posts da série:
O que trazer das viagens? – livros
O que trazer das viagens? – parte I: decoração
O que trazer das viagens? – parte II: lenços
O que trazer das viagens? – parte III: ballet
O que trazer das viagens? – parte V: máscaras de cílios
O que trazer das viagens? – parte VI: inspirações
O que trazer das viagens? – parte VII: compras
O que trazer das viagens? – parte VIII: Portugal
O que trazer das viagens? – parte IX: museus
***

Um comentário:

Jú :) disse...

Q coisa linda Claudinha!!! Bjssss