sexta-feira, 1 de agosto de 2008

in Styling... Vamos refletir?

Sempre que encontro alguém que não entende bem o que faz uma consultora de imagem e estilo, faço questão de enfatizar que não sou “aquela que vai dizer o que você vai vestir”. Eu, inclusive, prefiro usar consultora de imagem e estilo, ao invés de consultora de moda (ou personal sytlist...), para não deixar dúvida!


Muito se fala sobre esta (super recente) profissão, mas pouco se conhece sobre ela: para mim, sua função é tentar descobrir, junto com o(a) cliente, o que pode ser feito para achar a sua “melhor imagem pessoal, o seu estilo próprio” (mais aqui). E, para isso, começo por aqui: é preciso se conhecer! E muito!!! Não basta você saber que gosta de azul ou que detesta calça com cintura alta; é necessário ir mais fundo... que tal listar hábitos, gostos, perfumes, projetos, qualidades, defeitos? O estilo é muito mais do que apenas vestir as últimas tendências da moda! Para achar o estilo pessoal, torna-se imperativo refletir quem somos, o que fazemos, do que gostamos (ou não gostamos...), como é a nossa vida! Tudo isto aparecerá no que vestimos, pois, além da moda, das roupas e dos acessórios, somos reflexo de uma infinidade de gostos e costumes, que, se conhecidos, podem tornar-se nossos grandes aliados!

Que tal então, aproveitar o fim-de-semana para refletir? Deixo algumas perguntas que podem servir de linha-guia para pensar sobre a imagem e o estilo ideais para cada um em particular... tentem, pode ser um delicioso desafio! Inspirem-se nos espelhos da Galerie des Glaces, o Salão dos Espelhos do Château de Versailles e... voilà!

Se eu fosse escrever um livro com minha filosofia de vida, qual seria o título?

Qual foi a última vez que eu me senti feliz? Essa sensação foi provocada por alguém, alguma coisa ou algum lugar? O que eu posso fazer para despertar esse sentimento de novo?

Existe algum projeto na minha vida que eu não consegui realizar e que fica me incomodando? Não está na hora de arquivá-lo e abrir espaço para novos sonhos?

Voltando à minha infância: o que eu queria ser quando crescesse? Quais os planos que se tornaram realidade? Quais os princípios e idéias que mantive?

Eu já vivo como gostaria ou estou à espera de algum acontecimento – o casamento perfeito, o emprego dos sonhos, a plástica milagrosa – para começar a viver?

O que eu mais gosto em minha aparência? Quais são minhas vaidades secretas? Eu tenho coragem para assumir minhas qualidades físicas e exibi-las?

Do que eu tenho medo? Como esses temores estão interferindo nos meus projetos de vida?

Como eu me vejo daqui a vinte anos? Como estará a minha aparência? O que eu gostaria de saber daqui a vinte anos que eu não sei agora?

Na minha velhice, eu gostarei do que estiver vendo quando olhar para trás?

Quanto dinheiro eu precisarei para a minha aposentadoria? Tenho coragem para fazer as contas e começar a guardar dinheiro?

O que eu sinto ao saber que passarei o final de semana sozinho(a)? Entro em pânico ou me sinto em paz? Se isso me amedronta, o que eu posso fazer para tentar superar o medo da solidão?

Quando um(a) amig(a) é promovido(a), eu sinto inveja? Como posso fazer para transformar a inveja em uma sensação de desafio, do tipo “eu também sou capaz de alcançar o sucesso”?

Se eu pudesse, eu reataria as relações com as pessoas que eu desapontei ou que me desapontaram? Ou é tempo de parar de sofrer com isso e andar para frente?

Sou capaz de listar cinco grandes qualidades minhas? Quais as qualidades que os meus amigos e os meus colegas de trabalho enxergam em mim? Eu concordo com eles ou minha auto-imagem não combina com o modo como os outros me vêem?

O que eu espero do amor? Em algum momento da minha vida amorosa cheguei perto do que considero ideal? O que falta para que isso aconteça de novo?

***pePPer in Styling: nesta seção (aqui), vocês encontram os posts já publicados no blog e relacionados à consultoria de imagem e estilo, podendo pesquisar assuntos e dicas, assim como elaborar dúvidas a partir dos temas abordados... e deixar a sua pergunta! Sejam bem-vindas(os)!***

17 comentários:

Paula disse...

Há um programa que passa cá em Portugal, dos americanos Stacy London e Clinton Kelly: "What not to wear". É sobre estilo (ou falta dele) e adoro vê-los! São muito divertidos e directos e as pessoas, saem sempre lindas, no final!
les costumam dizer, que a pessoa não se deve vestir para o trabalho que tem e sim, para o que quer ter! A menos que queira ser palhaço ou bombeiro, né?!
:)
Bjs!

Luciana disse...

Nossa Claudia...
Acho que foi exata no seu post.
Isso, ser você, a beleza vem, a felicidade vem, o bem-estar vem consequencia.
Essa perguntas?!
Li as perguntas e fiquei reflentindo cá com meus botôes, me auto-identificando e
percebi que posso ser ainda melhor comigo e com o mundo.

Adorei.

Beijocas
Lu

Ana Medeiros disse...

Ai Claudinha, vc agora pirou a minha cachola!! Terei que pensar muuuuito, rsrsrs.

Adorei o post.

Beijocas

Kira Fashion disse...

Tem toda razão...consultora de moda e estilo é uma coisa muito mais ampla, mas super importante nos dias de hoje...vida longa a todos nós!


Beijos e abraços!!!

Karine disse...

Ah..O mundo de Sofia.
Eu queria ter um personal stylist só pra saber que tipo de roupa fica melhor,essas coisas,sabe?Seria tão mais fácil...

;)

AMEI a fotu!
Eu também fui no Palácio de Versailles e fiquei MORRENDO de vontade de voltar!

Atualizei,lah!

Bjinhusssssssssss

bel sant anna disse...

caramba,não sabia que a história era tão profunda assim...mas como eu vivo refletindo talvez por isso que consiga enxergar bem o que eu gosto e o que eu quero ser...a-do-rei esse post!

Silvinha disse...

Achei otimo ler todas as perguntas e perceber que realmente me conheço bem e sou uma pessoa feliz.

Que bom que vc tb é assim, e tem uma profissão que adora!

Beijos e bom final de semana

santa mistura disse...

claudia que cidade vc vive agora??

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Refletir é o que mais faço, pois sempre me conheço um pouquinho mais e tbm faço meditação, aliás, essas perguntas fazem parte de um curso que eu faço dentro da filosofia de vida que eu sigo, é ótimo, a gente se conhece melhor e fica mais fácil lidar e entender os outros, assim podemos ser felizes e fazer o outro feliz tbm.
Bjobjo

santa mistura disse...

somos 1/2 vizinhas, moro no recreio ;)) perguntei porque vc disse que queria ver o evento então imaginei que não era SP sua cidadae ; ))

Helena Castro disse...

claudia, arrasou! a gente se conhecer bem é bom para tudo nessa vida!!! só reflete em coisa boa! seja no campo afetivo, profissional, de moda... e ect.

beijos, helena

Sheyla disse...

Claudia,
Adorei esse post. Auto-conhecimento deveria ser um hábito diário, né?
Quando a gente separa um tempo, todos os dias, para refletirmos sobre nós mesmos, nossos desejos, medos, esperanças e alegrias, a gente ajuda a si mesmo, a quem está ao nosso redor, e quem sabe, assim, contribui para um mundo melhor.Bjs mil.

Virginie disse...

oi claudia....
Parabens o post de hoje é simplesmente otimo.....adorei....

Ja que acho incrivel seu trabalho (consultora de imagem)entao é a primeira vez, desde que eu conheci seu blog, que li uma materia com dicas de estilo.

manda mais materias desses por favor....
Ah E aquele relogio laranja na pagina do blog....gostei.

bj da França

yumara disse...

Adorei Cláudia, parabéns!!

Yumara

Fê Resende disse...

também AMEI as perguntitas, cláudia, arrasou. faz muito mais sentido mesmo começar a trabalhar o de fora pensando no que a gente tem dentro, né? suepr boa semana, querida! =)

Flávia Beatriz disse...

Nossa, Cláudia, você atirou no que viu e matou o que não viu... Ao final do post já nem me lembrava mais que o assunto era estilo porque suas perguntas me atingiram tão profundamente em relação a outro aspecto da minha vida. Estou passando por uma fase de dúvida profissional, ando meio perdida com minhas escolhas, mas está difícil vislumbrar uma saída porque sequer consigo identificar o que está me insatisfazendo. Suas perguntas foram uma luz no fim do túnel, refletindo sobre elas acho que encontrei meu problema. Puxa, muito obrigada. Espero que possamos nos ver hoje, beijos

Ana Helena Miranda disse...

Adorei o post Claudia! Eu mesma que trabalho com moda acho q devia pensar mais nessas perguntas não só para me vestir melhor , mas para viver melhor tb. Bjão