terça-feira, 2 de setembro de 2008

Quando as palavras descrevem o feminino...

Ou a mulher Clarice...

A mostra Clarice Lispector – A hora da estrela, agora em cartaz no CCBB-Rio (esteve no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo), é de impressionar: nela, o que emociona são as palavras, por toda a capacidade plástica que o verso pode adquirir. O que sentimos, à medida que caminhamos por entre seus textos, é algo próximo da experiência estética mais profunda. Somos impregnados pela força das suas frases, do seu texto contundente. Em cada um dos seus ditos, encontramos a força mágica do feminino, na sua mais nobre vertente.

Clarice, uma ucraniana de alma carioca e cidadã do mundo, conseguiu colocar a mulher em tudo que escreveu! É por isto que, mesmo trinta após a sua morte, ela ainda consegue tocar fundo, tangenciar a alma de quem passa por cada uma das salas da exposição. É impossível não se emocionar... a cenografia empresta uma carga dramática às palavras, entretanto o que há de mais pungente no caminho são os significados da maravilhosa obra da Clarice.


Não pretendo estragar a surpresa, mas dois momentos me marcaram: uma primeira instalação, na qual penetramos o trajeto geográfico da autora, em suas andanças pelo mundo, e a outra, uma extraordinária cenografia, repleta de inúmeras gavetas, que carregam em seu bojo... Clarice! Por isso, não deixem de visitar a exposição; está belíssima!
Como a estrela...


Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março 66 – 1º. Andar – Rio de Janeiro
Informações: (21) 3808-2020
19 de agosto a 28 de setembro
terça a domingo das 10 às 21 horas

15 comentários:

Helena Castro disse...

eu vi essa exposição em são paulo. é mesmo imperdível!!!!! ótima dica.

beijos

Ana Medeiros disse...

Gosto muito da Clarice, tenho alguns livros dela e estou louca pra comprar um que lançaram recentemente que mostra esse lado bem mulherzinha da autora, quando ela escrevia secretamente em colunas de jornais dando dicas "bem atuais" para as mulheres.

Ela é maravilhosa mesmo...

Beijocas

Paula Carina Baião disse...

OLÁ CLÁUDIA,

BEM BACANA DEVE ESTAR A EXPOSIÇÃO...TENHO VISTO MUITO COLEÇÃO INSPIRADA EM CLARICE LISPECTOR E EM OUTROS GRANDES NOMES DA LITERATURA...ACHO SUPER BOM ESTA INTERDISCIPLINALIDADE ENTRE AS ARTES...MODA E LITERATURA TEM TUDO HAVER SIM...

AH...CONTINUE ACOMPANHANDO A COBERTURA COBERTURA DO 1º VITÓRIA FASHION SHOW LÁ NO CONTEXTO...

GRANDE BJO

PAULA BAIÃO
www.contextofashion.blogspot.com

Ana Helena Miranda disse...

Amo Clarice! Será q vem pra BH?

conexaoparis disse...

Claudia querida
obrigada por citar o Conexão Paris no blogs day. Estava bloqueada por causa de uma migração técnica. Vou escrever uma nota dizendo que você me citou.
Um abraço
Maria Lina

ღ mey ♥¨`*•.¸¸.•*´¨♥ღ disse...

olha, nunca terminei clarice... não consigo :S

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Cláudia,
A exposição é, como Clarice, maravilhosa!
Beijocas,

POPI by Paula disse...

Clarice é única, amo!
pena q estou longe...
Bjus
Paula

Sheyla disse...

Claudia,
Fui especialmente a São Paulo só para ver a exposição, quando ela estava po lá. Desde novinha, Clarice esteve próxima a mim na mesinha de cabeceira. A minha monografia foi sobre um estudo de "A Paixão Segundo G.H., então sou suspeita para falar.
Quem puder ir, corra! É imperdível!
Bjs.

Chris disse...

Que bom! =D
Seu blog esta no meu, passarei sempre por aqui tbm, afinal o que e bom tem que ser aproveitado!
bjks ;D

Kira Fashion disse...

Ela é mesmo fantástica, no presente pois sua arte é mesmo imortal :)

Mil beijos querida!

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Peninha que eu perdi quando ela esteve em SP, mas Clarice faz parte da minha vida desde sempre, amo!
Bjobjo

SÍLVIA OLIVEIRA disse...

Quando a exposição começou em São Paulo eu dei até uma notinha no meu blog, mas não pensava em conhecê-la porque havia acabado de visitar a exposição anterior, que homenageava Guimarães Rosa, lá no Museu de Língua Portuguesa. Mas acabei voltando para ver Lispector... e foi avassalador. De perder o fôlego, mesmo! Bjs!

Garotas de Vinte e Poucos disse...

gosto mto da Clarice Lispector e gostaria de morar em SP p/ ir na exposição.... uma viagem ao tempo e a boa leitura!
Bjo
*Lala*

Amanda disse...

adorei, cláudia!!!! vou ver se consigo tirar um tempinho pra dar uma passada por lá... beijo grande!!!