sábado, 3 de janeiro de 2009

in Shopping... Por um marketing feminino!

Uma aula na pós-graduação (mais aqui) sobre empreendedorismo da moda, cuja principal área de interesse abordada foi o marketing, essa poderosa arma de sedução da mídia, com o tema mais específico – o poder feminino – serviu como gancho para analisar as diferenças existentes entre homens e mulheres... na hora das compras!


É incrível pensar que somos tão diferentes, a ponto de percorrer caminhos distintos e utilizar tão díspares estratégias no momento de comprar, o que quer que seja! Há teorias evolutivas: seríamos descendentes de ancestrais homens que caçavam e mulheres que cuidavam da família e do abrigo, além de utilizar mais a linguagem; teorias hormonais: somos resultado de quantidades distintas de testoterona, estrogênio, serotonina e oxitocina; assim, como teorias de gênero: homens e mulheres diferem na forma de responder às mensagens, linguagem e visual, usados pelo marketing.
Estudos mostram que, hoje, as mulheres detêm a decisão de compra, mesmo que indiretamente, ao influenciar os homens nas compras realizadas por eles, além de comprar mais do que eles! Com isso, surgem como consumidoras poderosas no mundo contemporâneo, fato este, que deveria ser observado com mais cuidado pelo marketing – o dinheiro está saindo de mãos femininas! Por que o marketing ainda não descobriu este filão? A propaganda aos poucos dá sinais de que está começando a se voltar para um público feminino, inclusive em nichos que seriam mais tradicionais do universo masculino, como carros e imóveis. Mulheres costumam ser mais fiéis e sensíveis ao marketing, portanto parece justo pensar em “produto feminino”, devido ao importante papel da mulher no atual mercado consumidor. Não é mais possível ignorar esta dominância feminina!

Fotos: Eve, no jardim do Musée Rodin, Paris


No entanto, é preciso prestar atenção às diferentes formas de (re)agir de homens e mulheres no momento da compra. Para alguns autores, eles teriam pressa e impaciência, assim como seriam maus negociadores. Já as mulheres teriam todo o tempo e muita calma, comparando sempre antes de decidir o que comprar.
Segundo Tom Peters, consultor de marketing americano, “Mulheres, quando saem para comprar uma calça preta, são capazes de percorrer o shopping por duas horas e entrar numa porção de lojas porque se lembram que têm que comprar um sapato, uma bolsa, um presente. E os homens? Bem, eles entram, pagam e saem do shopping em 10 minutos.”
Parece familiar?



***pePPer in Shopping: nesta seção, vocês encontram os posts já publicados no blog e relacionados às compras, podendo pesquisar lojas e endereços ao redor do globo! Sejam bem-vindas(os)!***

9 comentários:

Silvinha disse...

As mulheres realmente são uma parcela a ser melhor explorada por determinados produtos. Apontar os homens como responsaveis pelas compras "de importância" (casa, carro) é uma construção social que reforça preconceitos como fragilidade ou pouca perspicacia femininas.

Lily Zemuner disse...

Clau, querida, estou passando para te desejar um 2009 mágico e deliciosamente diferente.

B-jo grande.

Kerou disse...

claudinha, tem selinho pra vc no meu blog!!

beijokas

Lúcia disse...

oiii
Acho que a mulher não precisa ser convencida a comprar, rsrsrsr, a gente mesma se convence, kkkkkk.
Bom, a profissão do meu marido é COMPRADOR. Imagine... ele sempre consegue o melhor preço para tudo. E isso inclui pesquisar preços das 'calças', provar todos os modelos para ver qual tem o melhor caimento, etc... ele detesta, mas não compra na pressa mesmo assim.
bjins

Eneida disse...

Muito familiar, Cláudia!
Os homens realmente entram e saem do shopping em 10 minutos, compram a calça preta muitas vezes sem olhar o preço ou a qualidade. Compram a primeira calça preta que encontrarem, e ainda saem do shopping estressados!
As mulheres podem gastar 2 horas no shopping, mas compram a calça preta com qualidade e preço justo, pois tiveram paciência para pesquisar, e ainda compram mais coisas, e saem do shopping realizadas!!!
Adorei!
Beijo!

brasildobem disse...

Claudinha excelente a análise. Me vi retratada neste post, eu e meu marido, sobretudo qyendo entro em um shopping à procura de uma peça e percorro todas s lojas para encontrar os "acessórios acompanhamentos"para a tal peça, enquanto que meu marido, em 10 minutos realiza sua compra e vai embora.
Bjs.
Janeisa

Kira Fashion disse...

Olá Cláudia!

Obrigada pela informação. Por aqui, a Farm é novidade e a loja é mesmo linda! Não conhecia até pouco atrás, você sabe qual é o site deles. Não consegui encontrar...

Obrigada mais uma vez!
Mil beijos e abraços,
Kira

Thais Martinez disse...

CLaudia, querida,

Quer saber de uma coisa? Os homens não sabem o que estão perdendo, em comprar mimos, passar horas no shoping e quando chegar em casa, vestir aquela roupa maravilhosa, ou (re)provar o sapato novo.

Eles têm dóooo de gastar, são muquiranas. risos. Só posso concondar com uma coisa, relevando o pensamento masculino "no final do mês, não precisam se preocupar com a fatura do cartão"!!!

snifffffff

beijosssssss

Tássia Cavalcante disse...

Eu já tinha pensado nisso antes... aliás as mulheres estão mesmo com tudo! =]
Feliz 2009, Cláudia!!
Beijo!