sexta-feira, 29 de maio de 2009

in Fashion... YSL – o mestre está no Rio

A moda está de luto
Morreu, em Paris, Yves Saint Laurent, um dos maiores estilistas do século XX, depois de mais de quatro décadas a serviço da moda e da alta-costura.
Inovador, criou o look Mondrian, ao inspirar-se na obra do pintor holandês, pai do neoplasticismo, ligando moda à arte e reinventando a elegância da alta-costura. No ano seguinte, foi a vez do look Pop Art. Com “le smoking”, recriou e libertou a silhueta feminina. Gênio incontestável, começou com Dior, vindo a sucedê-lo na sua maison, com a morte repentina do mestre. Em 1961, abre sua própria maison de prêt-à-porter, com Pierre Bergé, a YSL Rive Gauche, atualmente pertencente ao grupo Gucci. Retirou-se do mundo fashion, em 2002, deixando seus admiradores inconsoláveis.
E hoje, nos despedimos deste homem que marcou a história da moda, certos de que seus legados nunca serão esquecidos, pois são de valor inestimável à trajetória da mulher de todos os tempos.

01 de junho de 2008 (postado no pePPer inFashion no dia da morte de YSL)


Somos recebidos, no CCBB-Rio, pelos cartões LOVE, enviados por Yves Saint Laurent a amigos, durante quarenta anos. Suspensos sob a rotunda, eles bailam, gigantescos e coloridos, como grandes alegorias do mestre da moda.


A exposição “Yves Saint Laurent – Viagens extraordinárias” ocupa duas salas do centro cultural, no segundo piso. Antes de entrar, o “Questionário de Proust” respondido por YSL:


Qual é o traço principal de seu temperamento?
A força de vontade
Seu maior defeito?
A timidez
A qualidade humana que você prefere?
A indulgência
Seu personagem histórico favorito?
Mademoiselle Chanel
Seus heróis favoritos na vida real?
As pessoas que eu admiro
O que gostaria de ter sido?
Um hippie
Seu ideal de felicidade terrestre?
Dormir com as pessoas que amo
O cúmulo da miséria?
A solidão
Onde você gostaria de viver?
A beira mar e ao sol
Qual é o dom que você teria gostado de ter?
A força física
Que defeito é mais fácil perdoar?
A traição
Seu pintor preferido?
Picasso
Seu compositor favorito é...
Bach, e os músicos do século XX... de óperas
Sua cor preferida?
A cor preta
O que você detesta acima de tudo?
O esnobismo do dinheiro
Qual é a sua máxima?
Permitam-me que aproveite a de Noailles: “Mais honra no singular que honras no plural”
O que você gostaria de fazer agora, na sua vida?
Eu gostaria de partir, partir por muito tempo, ficar sem fazer nada, esquecer tudo, e voltar para ver se ainda sinto vontade de fazer vestidos
Yves Saint Laurent
Oran (Argélia) 1 de agosto de 1936 – Paris 1 de junho de 2008


Depois de observar os cartões mais de perto, podemos escolher a sala verde ou a sala rosa, nas quais estão expostos os figurinos completos das viagens do mestre: roupas e acessórios, chapéus, joias e turbantes, vindos da Fondation Pierre Bergé - YSL (Paris). Com eles, percorremos a Índia, o Marrocos, a África, a Espanha, a Rússia, a China e o Japão, através das coleções haute-couture do estilista, todas elas fruto da imaginação, visto que YSL jamais deixou seu atelier para conhecer estes lugares. Viajem com YSL!


Sala Rosa
Les Indeshaute-couture Índia verão/inverno de 1982, 1985 e 1986
Le Marochaute-couture Marrocos verão/inverno de 1979, 1981 e 1989
L’Afriquehaute-couture África verão/inverno de 1967, 1968, 1970, 1987, 1990, 1994 e 2000
***Neste setor, aparecem os manequins azuis, representando o povo africano. Aqui, podemos ter o imenso prazer de ver o emblemático look Saherienne, uma obra-prima de YSL.
L’Espagnehaute-couture Espanha e Rússia verão/inverno 1970, 1976, 1977, 1979 e 1980
Coração fetiche – joia riquíssima, usada por YSL em cada um dos seus desfiles.
Croquis

Sala verde
La Russiehaute-couture Rússia inverno 1976, 1977 e 1999
La Chinehaute-couture China verão/inverno 1977, 1980 e 1994
Há lindos braceletes e broches em pedras.
Le Japonhaute-couture Japão inverno 1994
Um modelo de quimono lilás e verde bordado sensacional!
Croquis


NOTA: Como não é permitido fotografar os manequins, deixo apenas uma amostra do que é entrevisto do lado de fora das salas.


enBeauté:
Os mais belos perfumes são aqueles que nos levam para as mais belas viagens.” YSL

“A origem de todas as criações da linha de perfumes Yves Saint Laurent está nesta frase de Monsieur Saint Laurent. Como o perfume Opium, que remete a ideia de que mulheres e homens são levados para horizontes desconhecidos em viagens imaginárias, interiores, numa tentativa de viver intensamente, com toda liberdade.

“Viagens extraordinárias” é a visão do mundo segundo Yves Saint Laurent, que declara o seu amor por todas as mulheres. Uma sensibilidade que capta o essencial das diversas culturas para torná-las universais, deu origem a coleções míticas através da África, Rússia e um Oriente sublimado... Os azuis dos jardins Majorelle em Marraqueche, as estampas de leopardo, as pérolas de madeira, a laca da China, a cor permanece a grande inspiração das coleções de maquiagem de Yves Saint Laurent.”

(L’Oréal)



Informações práticas:
Yves Saint Laurent – Viagens Extraordinárias
de 26 de maio a 19 de julho 2009

Centro Cultural Banco do Brasil – Rio
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro
tel. (21) 3808-2020
terça a domingo de 10-21h
Entrada franca


***A exposição Tesouros do Louvre - esculturas de Houdon em cobertura completa aqui.***

12 comentários:

Eneida disse...

Lindos os cartões!
Adorei ver tudo isso!
Beijo!

estiloglam disse...

Claudinha, vc me transportou para essa exposição maravilhosa! Pena que a expo não vem pra SP, mas fiquei sabendo que vem uma de Christian Lacroix. Mas YLS foi um artista visionário, que influenciou muita gente na moda!!! Adorei o post! E me lembrei de vc quando vi sobre essa exposição! Bjks

Lúcia disse...

Admirável... ainda bem que ele deixou muitas inspirações. Bjins

Paula disse...

Um grande empreendedor e um grande estilista, sem dúvida nenhuma. E não me importava nada, de ter um dos seus cartões LOVE na minha sala!
:)

KIRAFASHION disse...

Cláudia!

Que luxo esta exposição!!!! Fico feliz em ver pelo menos um pouco! Obrigada pelo post!!!
YSL é mesmo genial....devemos muito a ele ;)

Mil beijinhos e abraços!!

Kira

brasildobem disse...

Claudinha, parabéns pelo post. Esta exposição, com certeza, deve ser mesmo incrível. Uma pena eu não ter o privilégio de ir visitá-la.
Bjs.
Janeisa

Kerou disse...

Claudinha, sabe que eu akooo seus posts, sempre tão completos e bem feitinhos.
Todo dia dou uma passadinha aqui apenas de nao comentar sempre =)


beijinhuss

M disse...

Adorei o post e a exposição deve ter sido um máximo... quero ver se vou à que está em lisboa:)
Xoxo
M

Marília disse...

Claudinha, que incrível as respostas dele para o questionário de proust! e demais a expo, hein? não sabia que os cartões LOVE eram tão grandes, que lindo.... ai, tudo de bom!
tem uma questão bem polêmica no meu último post, adoraria sua opinião!
beijo grande, querida!

Lauren - Moda Trash disse...

Lindo! Vc conseguiu tirar boas fotos. Pq o resto, vai ficar só na nossa lembrança.
Lnedo este texto vejo que Yves Saint Laurent não só era admirável pelo o seu trabalho, mas tbm, pela a sua personalidade.
E, é ótimo saber q além de Chanel, Yves tbm ama preto. Somos três!
Que viva o mestre!
bjokasssssssss

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Peninha não poder fotografar né? Adoraria ver os acessórios e os bordados.
Ótimo post.
Bjobjo

Cy disse...

essa semana vou lá ver!!! sem falta.
bjsss
cy