sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Au revoir... Época de renovação

Com o fim do ano se aproximando, sinto necessidade de fazer um balanço... e este texto me parece feito sob medida. Vamos ler juntos?


É preciso saber sempre quando se acaba uma etapa da vida.
Se insistimos em permanecer nela, depois do tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido do resto.
Fechando círculos, fechando portas ou fechando capítulos, como queira chamar, o importante é poder fechá-los, deixar ir momentos da vida que se vão enclausurando.
Terminou seu trabalho?
Acabou a relação?
Já não mora mais nessa casa?
Deve viajar?
A amizade acabou?


Você pode passar muito tempo do seu presente dando voltas ao passado, tentando modificá-lo...
O desgaste será infinito, porque na vida, você, seus amigos, filhos, irmãos, todos estamos destinados a fechar capítulos, virar páginas, terminar etapas ou momentos da vida, e seguir adiante.
Não podemos estar no presente sentindo falta do passado.
O que aconteceu, aconteceu.
Não podemos ser filhos eternamente, nem adolescentes eternos, nem empregados de empresas inexistentes, nem ter vínculos com quem não quer estar vinculado a nós.
Os acontecimentos e as pessoas passam por nossas vidas e temos que deixá-los ir!
Por isso, às vezes é tão importante esquecer de lembrar, trocar de casa, rasgar papéis, jogar fora presentes desbotados, dar ou vender livros...
Na vida ninguém joga com cartas marcadas, e a gente tem que aprender a perder e a ganhar.
O passado passou: não espere que o devolvam.
Também não espere reconhecimento, ou que saibam quem você é.
A vida segue para frente, nunca para trás.


Se você anda pela vida deixando portas “abertas”, nunca poderá desprender-se, nem viver o hoje com satisfação.
Casamentos, namoros ou amizades que não se fecham, possibilidades de “regresso” (a quê?), necessidade de esclarecimentos, palavras que não foram ditas, silêncios...
Fazer a faxina emocional e arrumar espaço nas gavetas do futuro para o novo.
Não por orgulho ou soberba, mas porque você já não se encaixa ali, naquele lugar, naquele coração, naquela casa, naquele escritório, naquele cargo...
Você já não é o mesmo que foi há dois dias, há três meses, há um ano... portanto, nada tem que voltar.
Feche a porta, vire a página, feche o círculo!
Você nunca será o mesmo, e nem o mundo à sua volta, porque a vida não é estática.
Faz bem à saúde mental cultivar o amor por você mesmo, desprender-se do que já não está em sua vida.
Lembre-se de que nada, nem ninguém, é indispensável...
É um trabalho pessoal aprender a viver com o que dói, deixar-se ir e aprender a desprender-se.
E isso o ajudará definitivamente a seguir para a frente com tranqüilidade.
Essa é a vida que todos precisamos aprender a viver...


E mais:
Cabeça do ser humano é como um guarda-roupa: chega uma hora que precisamos parar, organizar, desfazer das coisas que não utilizamos e abrir novos espaços. (autor desconhecido)


***Querem refletir mais um pouco? Leiam este post aqui – são perguntas bastante interessantes...


Fotos: Sagrada Família, Barcelona

***ATUALIZAÇÃO***

Resoluções para o ano que começa... um círculo que espero manter em constante movimento:

1. Compartilhar 2009 com as pessoas que amo;
2. Viajar muito pelo mundo e viver lindas experiências;
3. Continuar com os meus queridos blogs e com o ballet;
4. Ler os livros da minha wish-list (que está enorme!) e, quem sabe, escrever o meu;
5. Investir na profissão e nos relacionamentos, voltando ao item 1.

Sempre imagino que a vida está em sintonia com o nosso próprio desejo. Por isso, expressar estas resoluções de ano novo me fez refletir sobre o meu movimento diário, em direção ao amor e ao mundo. A felicidade, para mim, encontra-se em cada um destes desejos, encadeados por uma linha-guia: compartilhar o mundo com todos!

Que seja um ano repleto de boas vibrações para nós!

*Este MEME foi indicado pela Bia, do
Blá Blá Bia. Espero que você goste – beijos, querida!

18 comentários:

Lúcia disse...

Ótimo texto! É inevitável fazer uma balanço, não é mesmo?
Que vc tenha um ótimo fim de ano e um 2009 melhor ainda!
Bjão

Kira Fashion disse...

Cláudia!

Maravilha de post. Esse é o meu primeiro site do dia a visitar hj :)

Sobre as botas. Uma vez vi uma foto muito fofa da Fernanda Lima aí no Rio com botas de chuva, na chuva claro, e estava super linda!

Mil beijos e abraços,

Kira

Kerou disse...

ahhhh com seu blog eu viajo um pouquinho pelo mundo mesmo sem sair da cadeira =)

adoro!!

vou ficar no aguardo do meme entao!


beijokas*

Joaninha Bacana disse...

Obrigada, Cláudia!!! Um Natal maravilhoso, e um ótimo 2009 pra voces tambem :o))) Daqui a duas horas saio do escritório e vou para as minhas mini-férias, ebaaaaaaaa :oD
Beijos, Angie

Cris Ventura disse...

Oi Cláudia! Adorei sua mensagem e realmente é tempo de fazer um Feng Shui também na nossa principal casa: nossa mente e nossos pensamentos para sermos realmente felizes! Bjs!

Lily Zemuner disse...

Lindo texto, querida! Lindo.
Serviu como luva para o atual momento.

Um Natal lindo para você e sua família. E que em 2009 tenhamos muito sucesso, alegrias, saúde e amigos!

Você foi um grande presente que o blog me deu. Uma pessoa doce e culta, sensível e delicada.

B-jo.

Renata disse...

Cláudia!

Que delícia ler um post desses...Realmente precisamos parar um pouco e repensar a vida nessa época.

Obrigada pelos bons momentos que passei lendo seus textos.

Continuarei visitando, não vou viajar agora, por isso, ainda não vou desejar o meu Feliz Natal para ti...

Um beijo,

Renata.

brasildobem disse...

O texto é ótimo e dá pra fazer um excelente balanço ara final de ano.
Bjs.
Janeisa

Cy disse...

claudia, querida!
que texto maravilhoso!

sobre o moleskine, eu já tinha visto aquele seu post! hehehe
e lembrei de vc na hora qdo soube que tá vendendo na livraria da travessa, tens uns city notebook, que dá dicas de viagens... um luxo só!

bjsss
cy

patisseriereport disse...

lindo! adoro seu blog e o indiquei ao prêmio dardos! lá no meu blog.
bjs

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Lindo texto Claudinha e estamos mesmo em sintonia querida, que bom!
...não pensei que fosse tule amiga, que lindo e a cor tbm é linda, sou louca por verde, vou ver se encontro esse tule por aqui, os meus estão cobertos com um tecido xadrez, mas já enjoei, quero trocar e achei o seu tão chique rsrsrs obrigada pela dica e pela informação.
Boas festas pra vc e sua família Claudia, foi maravilhoso mesmo que virtual (por enquanto) conhecer vc
Bjobjo

Eneida disse...

Sou sua fã, não tem jeito!
Desprendimento é uma palavra tão bendita! e bem dita!
Tinha, quando era mais nova, muita necessidade de esclarecimentos, como disse no post, e com o tempo percebi a bobagem, pois cada um dá o que tem!
Hoje, curto o que me vem e processo o que não me convém! Até rimou!
Faxina emocional! É tão bom isso! Mas acho que só a maturidade emocional permite!
Adorei o texto, querida!
Beijo!

Paula SweetestPerson disse...

amei demais esse post!!!!
deu vontade de fechar tudo e começar aberta 2009.
sweetbeijos

Mimi La Rose disse...

Simplesmente adorei, mas fantasmas do passado não são fáceis de deixar.... infelizmente!

Carolina Lange disse...

Que interessante!
Barcelona é uma cidade tão maravilhosa!

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Feliz 2009!!!!!!
Beijocas, Rostinhos Bonitos.

Kira Fashion disse...

Feliz 2009!!!!

Mil beijinhos querida!
Muita saúde e sucesso!!!


da amiga,

Kira

Patricia de Camargo disse...

Texto que inspira ...
Beijos