domingo, 18 de maio de 2008

Que maravilhas!

Vamos passear pelas maravilhas do mundo? Aproveitem!


As Sete Maravilhas do Mundo (“De Septem Orbis Miraculis” – Filón de Bizâncio)
Estátua de Zeus
Esculpida no século V a.C., por Fídias, o maior escultor da Antigüidade, era toda de marfim, com o cabelo e a barba de ouro, sobre um trono de cedro, ouro e pedras preciosas. Quando os romanos, que dominavam a Grécia, aderiram ao Cristianismo, a estátua foi enviada para Constantinopla, de onde não se teve mais notícias.
Jardins Suspensos da Babilônia
Era um palácio de vários andares, construído às margens do rio Eufrates – seus terraços eram forrados de terra fértil e um sistema de irrigação permanente permitia o crescimento dos mais diferentes tipos de plantas e flores. À distância, os jardins pareciam mesmo estar suspensos. Foram totalmente destruídos pelos persas.
Farol de Alexandria
Erguido em 285 a.C., na ilha de Faros, em Alexandria. No seu interior, havia uma escada em espiral, por onde era levado, todos os dias, o combustível que mantinha o farol aceso. A luz do fogo, a 130 metros de altura, refletindo para o mar, orientava as embarcações a 60 km de distância. Foi destruído, por um terremoto, em 1302.
Colosso de Rodes
Estátua de Helios, o rei Sol, que ficava em Rodes, uma ilha do mar Egeu, destruída por um terremoto. Sempre se pensou que ela ficasse à entrada do porto da cidade, mas, há alguns anos, foi escavada uma parede de pedra, mostrando Helios, no alto de uma colina, com sua túnica, no braço esquerdo, e a mão direita sobre os olhos. Ele olhava para o mar, como à espera da volta dos barcos do seu povo. Quando foi destruída, por volta de 225 a.C., as 12,5 toneladas de bronze, usadas na sua construção, foram vendidas a um mercador árabe, que precisou de 900 camelos para o transporte.
Mausoléu de Halicarnasso
No século IV a.C., um terrível tirano, chamado Mausolo, governava a Cária, onde hoje está a Turquia. Quando ele morreu, em 353 a.C., sua esposa, Artemisa, fez construir, na cidade de Halicarnasso, um enorme monumento, que foi chamado de Mausoléu.
Templo de Ártemis
Na cidade de Éfeso, o Templo de Ártemis, deusa da caça, foi duas vezes destruído. Primeiro, em 356 a.C., quando Eróstrato pôs fogo, no monumento, para tornar-se imortal. Os efésios ficaram furiosos e proibiram que seu nome fosse pronunciado na cidade, para ser esquecido para sempre. Depois de restaurado, o templo, famoso por sua beleza e grandiosidade, foi arrasado, novamente, desta vez, pelos godos.
Pirâmides do Egito (as únicas ainda existentes)
Foram feitas de enormes blocos de pedra, servindo de túmulo aos soberanos egípcios (faraós), guardando as múmias e suas riquezas. As mais famosas são Quéops (a maior), Quéfrem e Miquerinos (a mais rica), com mais de 4000 anos, localizadas às margens do rio Nilo, a 10 km do Cairo.

As Sete Novas Maravilhas do Mundo (eleitas em votação mundial pela internet em 07.07.2007)
Pirâmide de Chichén Itzá (antes de 800 a.C.) – Península Yucatan, México
O maior e mais famoso templo Maia, era o centro político e econômico desta civilização. Suas várias estruturas – como a Pirâmide de Kukulkan e o Templo de Chac Mool – ainda podem ser visitadas hoje.
Cristo Redentor (1931) – Rio de Janeiro, Brasil
A estátua possui 38 metros de altura e localiza-se no Corcovado. Concebido por Heitor da Silva Costa, foi inaugurado em 12 de outubro de 1931, tornando-se símbolo da cidade e do povo brasileiro, recebendo os visitantes de braços abertos.
A Grande Muralha da China (220 a.C. e 1368-1644 d.C.) – China
Construída para proteger a China dos invasores mongóis, é o maior monumento construído pelo homem, sendo o único visto do espaço.
Machu Picchu (1460-1470) – Peru
O imperador Inca Pachacútec, no século XV, construiu uma cidade nas nuvens sobre a montanha – Machu Picchu (“montanha antiga”), localizada no platô andino. Foi redescoberta, em 1911, por Hiram Bingham.
Petra (9 a.C.-40 d.C.) – Jordânia
Localizada no Deserto Arábico, os mestres da tecnologia aquática proveram sua cidade com grandes túneis e câmaras de água. Petra era a capital do império do Rei Aretas IV, sendo um exemplo impressionante da cultura do médio-oriente.
Coliseu (70-82 a.C.) – Roma, Itália
Grande anfiteatro, foi construído para celebrar a glória do Império Romano. Até hoje, seu desenho original influencia na criação dos modernos estádios esportivos.
Taj Mahal (1630 a.C.) – Agra, Índia
Imenso mausoléu, concebido por Shah Jahan em homenagem à memória de sua amada mulher. Feito em mármore branco, é considerado a mais perfeita jóia da arte muçulmana na Índia.




Nota: Como fonte de consulta das sete maravilhas originais, clique aqui; as novas maravilhas podem ser melhor conhecidas em New7Wonders.


Indicações:
Cristo Redentor
Coliseu


Um comentário:

conexaoparis disse...

Claudia,
Este blog promete.Vim através do link que deixou no Conexão Paris.
Um abraço
Maria Lina