sexta-feira, 20 de junho de 2008

in Styling... Nada como um bom espelho...

Com as semanas de moda se aproximando!, um post-reflexão...


Foto: Vila Nova de Gaia, Portugal

Na consultoria de imagem e estilo, outra questão de peso (perdoem o infame trocadilho!) é não ser magra como as modelos que desfilam os looks, nas passarelas dos eventos de moda, como Fashion Rio e SPFW. Com isso, como usar o que aparece nas edições dos desfiles? Mudamos de corpo ou achamos uma outra saída?
Pelo que tem circulado no “mundinho fashion”, a calça saruel (aquela com o gancho lá no joelho!) vai estourar no próximo verão. Será mesmo? Entre as fashion victims, com certeza. Mas e nós, pobres mortais, sem um corpinho de sílfide? Eu tenho pernas grossas e a calça saruel é um interdito para mim, pois não me rendo à moda (ou aos modismos...), pura e simplesmente – se não ficar bem, não uso e ponto! Isto sem falar das sandálias do tipo gladiador, outra tendência para a próxima estação... Tenho que fugir delas!
Sempre sou perguntada sobre os novos shapes, as cores da última tendência, o que vai ser hit... Confesso que eu prefiro perceber o que fica apropriado para cada um, levando em consideração o tipo/formato de corpo, o gosto pessoal, o estilo de vida, a profissão, os hobbies e até o salário! O peso é apenas um dos muitos componentes importantes para conseguir uma imagem pessoal única, perfeita para nos representar frente aos outros e a nós mesmos também.
Não adianta seguir o “último grito” da moda à risca e parecer desconfortável, deselegante ou pior, não se reconhecer! É preciso que haja sintonia entre o vestir e o ser! Não precisamos usar a tendência da moda se ela não nos favorecer. É preferível descobrir que estilo é mais o nosso jeito, a “nossa cara”, explorando as tendências que sejam capazes de valorizar a nossa imagem. Que tal dar uma olhadinha no espelho? Sempre é possível adequar o que está em voga, adaptando ou mesmo escolhendo um pequeno detalhe – pode fazer toda a diferença!
Mais do que uma prisão, o corpo deve ser uma tela em branco para que possamos pintar a “nossa obra-prima”! Quando somos capazes de descobrir o que temos de único, perdemos o medo de arriscar: e aí, podemos usar a moda e suas tendências com mais graça, mais prazer, sempre como aliada e jamais como uma camisa-de-força! Que liberdade, que inspiração: podemos ousar sim, mas sempre atentas ao equilíbrio entre a moda e o nosso modo de ser e estar no mundo. Dá super certo!
Quanto ao peso, busquemos estar bem, em boa forma física (e mental, claro), de maneira saudável, sem paranóias ou loucuras: esqueçamos “aquela” dieta milagrosa! É tão lindo quando um corpo e sua vestimenta estão em harmonia... Vamos procurá-la? Bom fim-de-semana!

***pePPer in Styling: nesta seção (aqui), vocês encontram os posts já publicados no blog e relacionados à consultoria de imagem e estilo, podendo pesquisar assuntos e dicas, assim como elaborar dúvidas a partir dos temas abordados... e deixar a sua pergunta! Sejam bem-vindas(os)!***

11 comentários:

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Oiiiii Claudia, adorei sua matéria e assino embaixo, tendência e moda deve servir apenas como inspiração, nunca como ditadura. Essa modelagem saruel, por exemplo, acho feia demais e nem porque talvez vire moda no verão pretendo usar, tenho quadril largo e fica horrível e tbm porque não acho feminino, não acho elegante, mas enfim, gosto é gosto e tem pra todo mundo, o importante é se adequar, se olhar no espelho, como vc disse, se sentir feliz, poderosa e se jogar...
Bjobjo

Joaninha Bacana disse...

Aaaaaaamei o post!!!! E tenho dito :o)
Beijos,
Angie

Bel Sant anna disse...

vc levantou uma questão superatual e que volta e meia nos atenta:realmente algumas peças são quase impensáveis em outas pessoas a não ser tops...
e´bom entender um pouco mais do nosso corpo!

Lúcia disse...

Oi, Claudia!
É isso mesmo!
Espelho só faz bem!
Amei o post!
Bjins

Chris disse...

Claudia adoreeeei o post! tudo a ver mesmo! E penso assim tbm e beeem esclarecedor!
Estou com uma parceria no blog dos irmaos e falei sobre isso la. Sobre a liberdade na moda. Falei como simples admiradora da moda. E tem tudo a ver sobre seu post de hoje!
Que por sinal amo espelho, ainda mais esse grandao ai!
=]
bju bju

Diane disse...

I have been very delinquent about my blog due to the fact that we went away to Mexico for a week and we returned just a few days before Christmas... so much to do so most of my post were pre written and I am just now getting back to viewing everyones blog and their comments on mine. Thank you so much for your lovely comments on my blog ... and now I have the wonderful pleasure of reading all the blogs you have posted over the last 3 weeks... Happy New Year to you ... Diane

Diane disse...

I have been very delinquent about my blog due to the fact that we went away to Mexico for a week and we returned just a few days before Christmas... so much to do so most of my post were pre written and I am just now getting back to viewing everyones blog and their comments on mine. Thank you so much for your lovely comments on my blog ... and now I have the wonderful pleasure of reading all the blogs you have posted over the last 3 weeks... Happy New Year to you ... Diane

Kira Fashion disse...

Acho que cada um deve valorizar o que é, mas sempre tentando melhorar um pouquinho, mas sem neuras :)

Beijos!!

Renata disse...

Oi, Cláudia!!!

Adorei o post. Realmente, precisamos nos conhecer primeiro para depois conhcermos e aplicarmos a moda como ela aparece...

Eu também NUNCA vou usar calça saruel e sandália gladiadora, do alto dos meus 1.54m, isso se torna impossível!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Mas tem gente que fica ótima com elas, não é? Estilo também é conhecer a si mesmo.

Beijo grande!

Renata.

Eneida disse...

Adorei o post!
É bem verdade tudo!
Meu problema é que adoro novidades, mas acho que não sou fashion victim (ai ai ai, tem que me dizer, amiga!)!
Acho que sustento um look diferente e combina comigo.
Olho no espelho frente e verso quando visto uma roupa.
Acredito que o tipo de roupa tem que combinar com nosso estilo e nosso porte.
Adorei o texto!
Beijo!

Karine disse...

É verdade...Um espelho significa muitas coisas né?A auto-reflexão é uma delas.

Um beijinhu,Cláudia!
Thanks for the comment!
;)

Atualizei