terça-feira, 24 de junho de 2008

Nossa realeza

2008 tem sido de comemoração dos 200 anos da chegada da Família Real no Brasil. Foi realmente um momento marcante da nossa história, pois representa grandes conquistas para o país, assim como o contato com a cultura européia e um novo modo de se vestir e portar, trazidos pelos costumes da corte portuguesa, recém-chegada aqui. Para nós, é comum ouvir que a Família Real Portuguesa fugiu para o Brasil, devido à invasão francesa de 1807, o que é, na verdade, incorreto para os portugueses: naquela época, o território brasileiro pertencia a Portugal; logo, o que realmente aconteceu foi uma transferência da sede da corte para outra parte do Reino! Cada um com a sua versão...
E de onde veio a Família Real? De Portugal, claro! Mas, qual a sua origem?
Um destaque em Portugal é a cidade de Guimarães, o berço da nação portuguesa, situada no norte do país. Foi escolhida como capital da nascente nação por Afonso Henriques, que auto-proclamou-se o primeiro rei de Portugal, em 1139: era um pequeno condado, chamado Portucale, do reino de Leão e Castela, que foi declarado independente por Afonso Henriques, cujo perfil aparece no brasão de Portugal. Em Guimarães, podemos visitar o Castelo de São Miguel, onde consta que o rei nasceu e foi batizado, e o Paço dos Duques (não deixem de conhecer: existe uma sala de banquetes, em homenagem às explorações marítimas, e seu teto imita o casco virado de uma caravela!). Também vale a pena dar um passeio pela cidade, por suas pequenas ruas, além de conhecer a estátua em homenagem ao rei português.

Castelo de São Miguel

Paço dos Duques

Estátua de Afonso Henriques

Outra personagem importante foi a Rainha Maria I, primeira rainha em Portugal a exercer o poder efetivo, batizada como Infanta Maria Francisca Isabel Josefa Antónia Gertrudes Rita Joana. Ela foi Rainha de Portugal, de 1777 a 1816, sucedendo ao seu pai, o Rei José I. D. Maria foi também Princesa do Brasil, Princesa da Beira e Duquesa de Bragança. Conhecida como A Piedosa ou A Pia, pois era muito religiosa, veio a tornar-se Dona Maria, a Louca, devido à doença mental, depois da morte do seu filho primogênito. Em 1799, seu filho e herdeiro João assumiu a regência – era D. João VI de Portugal. D. Maria mandou construir, em Lisboa, a Basílica da Estrela, de grande valor estético, um dos mais importantes monumentos da Lisboa do século XVIII. A Basílica do Sagrado Coração de Jesus foi concebida por Mateus Vicente de Oliveira e construída entre 1779 e 1790, tendo sido terminada por Reinaldo Manuel dos Santos. Com uma nave única e com o traçado da cruz de Cristo, a basílica possui seis altares laterais, sendo que a capela maior recebe luz das janelas e do domo, e as paredes são revestidas por mármores cinza, rosa e amarelo. Nela, encontramos um presépio de Machado de Castro, formado por mais de 500 figuras de cortiça e terracota, além do elaborado túmulo de D. Maria, no transepto direito, em mármore negro. Está localizada no Largo da Estrela, sendo de fácil acesso com o “eléctrico” 28, o bondinho mais bacana de Lisboa, que nos leva a vários pontos turísticos e interessantes da capital de Portugal. E, por que não?, nos mostra um pouquinho do Brasil, com perfume e sotaque portugueses! É uma influência e tanto...

Túmulo de D. Maria I

7 comentários:

Helena Castro disse...

Oi Claudia,

Você recebeu meu e-mail? Quero te entrevistar para a série perfis do meu blog! : )

beijos, Helena

Mónica Lice disse...

Adorei seu trabalho neste post, e seu blog também.

Beijinhos de uma portuguesa em África!

Fernanda Campos disse...

Cláudia,

AMEI seu comentário sobre Sex and the City!!

Eu sempre amei o seriado (antes de virar famoso, quando só passava da HBO no domingo à noite, eu já era fã assídua) e danem-se as críticas, o filme é espetacular e 100% emocional... Parece um sismógrafo de emoções! Assim como a vida real... Maravilhoso...

Beijos!!

Fernanda Campos
www.desenhosdafernanda.blogspot.com

Bia Lecerf disse...

Claudia,
Gostei bastante. Mas que um post uma "aula". Tenho uma amiga que embarca essa semana p/ Lisboa e já vai levar suas informações na bagagem!
Bjs
Bia

Marília disse...

Oi, Claudia!
Que maximo esse seu post. Tem tudo a ver com o livro 1808, do Laurentino Gomes, vc leu? Está no primeiro lugar da lista dos mais vendidos na categoria não ficção, na Folha e na Veja.
By the way, vc mora aonde? Adorei seu comentario sobre o Lipstick Jungle, achei que estivesse estreando e está acabando.... hahaha Ótima informação, obrigada!!!!

Bjs!

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Oiiiii Claudia, belíssima aula, proveitosa e interessante. Parabéns!
Bjobjo

gabi prado disse...

Ai que deliciaaaa poder relmbrar algumas coisas com seu post, já passei um mês ai, na casa de amigas portuguesas, que eu adorooooo... foi uma epoca inesquecível!!!